20.2 C
São Paulo
quarta-feira, abril 8, 2020

Como eliminar uma espinha interna

Must read

Benefícios do chá de alecrim para a saúde e como fazer

Os benefícios do chá de alecrim, de nome científico Rosmarinus officinalis, incluem melhorar a digestão, aliviar as dores de cabeça e o combater o cansaço frequente.Mas existem...

Técnica de Jelqing: o que é, como funciona e resultados

A técnica de jelqing, também conhecida como jelq ou exercício de jelqing, é uma forma completamente natural de aumentar o tamanho do pênis que pode...

6 principais causas de dor de barriga e o que fazer

A dor de barriga é, normalmente, causada pela diarreia, que acontece devido ao aumento da atividade intestinal e de evacuações. Este problema, geralmente, é causado por infecções por...

Aftas frequentes: 7 principais causas e o que fazer

As aftas recorrentes, ou estomatite aftosa, correspondem a uma pequena lesão que pode surgir na boca, língua ou garganta e tornar o ato de...

O mais importante a fazer quando se tem uma espinha interna é evitar espremer o local, pois, além de não conseguir remover o pus, o ato de apertar a pele pode provocar o surgimento de manchas escuras na pele, que podem demorar ainda mais tempo para desaparecer.

Assim, uma boa técnica que se pode usar para tratar mais rápido a espinha interna consiste em utilizar chá preto, já que possui propriedades anti-inflamatórias e antimicrobianas. Para isso deve-se:

  • Ferver um sachê de chá preto em cerca de 100 ml de água durante 2 a 3 minutos;
  • Colocar o sachê sobre a pele afetada, após deixar a mistura esfriar até ficar morna;
  • Deixar o sachê atuar durante, pelo menos 30 minutos.
  • No entanto, caso seja possível identificar o desenvolvimento da espinha interna, é recomendado iniciar o tratamento logo que surgem os primeiros sinais como dor, vermelhidão e inchaço na pele. Para isso deve-se:

  • Aplicar gelo sobre a região durante 5 minutos, protegendo com um pano;
  • Afastar o gelo da pele por 10 minutos;
  • Repetir o processo por, pelo menos, 1 hora por dia até a espinha desaparecer.
  • Já nos casos em que não é possível tratar a espinha interna com estas técnicas, o melhor a fazer é tentar puxar a cabeça da espinha para fora da pele, aplicando uma compressa morna sobre a região durante alguns minutos e repetir várias vezes durante o dia, até que a parte branca da espinha seja visível. Se essa técnica não der certo deve ir ao esteticista para fazer uma limpeza de pele com extração.

    Como eliminar uma espinha interna

    O que fazer para espinha interna inflamada

    Para aliviar a dor e acelerar a cura de uma espinha interna inflamada pode-se utilizar um remédio caseiro que consiste na aplicação de uma compressa molhada em chá de bardana morno sobre a região afeta durante cerca de 20 minutos, 2 vezes ao dia.

    Porém, caso a dor não melhore ou se mantenha por mais de 1 semana, é recomendado consultar um dermatologista para que ele possa indicar o tratamento mais indicado, porque, em alguns casos, pode ser necessário tomar remédios para espinha interna, como a Isotretinoína, por exemplo.

    Cuidados durante o tratamento da espinha interna

    Alguns cuidados ajudam a acelerar o processo de tratamento da espinha interna e podem ser usados para completar o tratamento caseiro ou médico. Eles incluem:

    • Evitar espremer a espinha interna pois pode piorar a inflamação, aumentando a dor;
    • Lavar a região afetada com sabonete antisséptico, como Soapex ou Protex, 3 vezes por dia;
    • Aplicar um hidratante com fator de proteção solar, antes de sair de casa;
    • Passar um creme para acne, como Differin ou Acnase, antes de dormir;
    • Evitar o uso de maquiagem e outros produtos cosméticos sobre a região afetada.

    Estes cuidados podem ser utilizados para tratar a espinha interna no rosto, no ouvido, na virilha, nas costas ou em qualquer outra parte do corpo. Além destes cuidados, deve-se fazer uma alimentação pobre em alimentos açucarados ou gordurosos, como chocolate, amendoim, leite, bolos ou sorvetes, pois aumentam a irritação das glândulas sebáceas responsáveis pelo surgimento da acne. Conheça os alimentos para diminuir as espinhas.

    Assista ao vídeo e veja como a alimentação pode ajudar a evitar o surgimento de espinhas:

    ACNE: O que comer para acabar com as espinhas

    419 mil visualizaçõesimagem19-09-2019-19-09-0918 mil

    More articles

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

    Latest article

    Benefícios do chá de alecrim para a saúde e como fazer

    Os benefícios do chá de alecrim, de nome científico Rosmarinus officinalis, incluem melhorar a digestão, aliviar as dores de cabeça e o combater o cansaço frequente.Mas existem...

    Técnica de Jelqing: o que é, como funciona e resultados

    A técnica de jelqing, também conhecida como jelq ou exercício de jelqing, é uma forma completamente natural de aumentar o tamanho do pênis que pode...

    6 principais causas de dor de barriga e o que fazer

    A dor de barriga é, normalmente, causada pela diarreia, que acontece devido ao aumento da atividade intestinal e de evacuações. Este problema, geralmente, é causado por infecções por...

    Aftas frequentes: 7 principais causas e o que fazer

    As aftas recorrentes, ou estomatite aftosa, correspondem a uma pequena lesão que pode surgir na boca, língua ou garganta e tornar o ato de...

    Ultrassom abdominal total: o que é, para que serve e como se preparar

    O ultrassom abdominal total, também conhecido por ultrassonografia (USG) abdominal total é um exame indicado para a avaliação morfológica de órgãos abdominais, como fígado, pâncreas, vesícula biliar,...