Técnicas para levantamento de peso: conheça tudo sobre o assunto

06As técnicas para levantamento de peso também são conhecidas como halterofilismo, quando praticadas no esporte olímpico.

Entretanto, não é necessário ser um atleta para praticar essa atividade física, porém, é importante atenção e informações corretas sobre as formas de realizar este tipo de treino.

Os educadores físicos, professores especializados e personal trainers são indispensáveis a fim de supervisionar os alunos e ajudá-los na execução das atividades a serem desenvolvidas; porém, neste artigo será possível sanar algumas dúvidas pontuais que esclarecem assuntos pertinentes.

Diversas pessoas, de ambos os sexos praticam técnicas para levantamento de peso visando obter músculos, força e posturas ideais.

Todavia, para que estes e outros objetivos sejam alcançados é primordial a execução correta das atividades.

Existem dezenas de movimentos que podem ser desenvolvidos com pesos, talvez seja esse um dos principais motivos para que muitos erros ocorram durante os treinos.

Vale a pena ressaltar, que um exercício mal executado pode ocasionar lesões, distensões musculares e até problemas de saúde mais sérios.

Prudência e informações corretas nunca são demais.

Nesta matéria teremos três eixos centrais: abordaremos as principais dicas para a realização correta desta atividade, posteriormente vamos citar erros que nunca devem ser cometidos durante o levantamento de peso.

Por último, vamos listar os benefícios desta prática.

Técnicas para levantamento de peso: 5 dicas indispensáveis

Nesta matéria vamos falar sobre algumas técnicas fundamentais para que seu treino seja assertivo e traga resultados esperados:

Dica 1: Aquecimento é fundamental

Parece papo já ultrapassado, afinal, sempre esse assunto é dito por profissionais da saúde.

Todavia, infelizmente, muitas pessoas ignoram essa premissa e até se lesionam por não terem realizado um aquecimento adequado antes da prática de exercícios físicos.

Portanto, nada de correr para a academia e já ir pegando pesos, fazer esteira ou outras atividades.

Este tipo de conduta pode acarretar em sérias lesões e afastar o aluno por semanas e meses do treino.

Além de prevenir riscos, o aquecimento contribui para uma melhor performance das atividades, já que o corpo “entende” o que será feito a partir dali.

Dessa forma, responde melhor aos estímulos de peso, repetições e séries que serão realizadas;

Dica 2: Os pés sempre para a frente

Deixar os pés “tortos” pode ocasionar graves lesões nas pernas e joelhos.

É muito importante manter a postura correta, afinal, a carga pode sobrecarregar determinada parte do corpo;

Dica 3: Use as presilhas corretamente

Esta parece ser uma dica boba, mas quem frequenta academias provavelmente já viu a cena a seguir:

Alguém realiza atividades que requer técnicas para levantamento de peso, porém os pesos estão soltos na barra; além de poderem escorregar e forçar determinados pontos do aluno, os pesos ainda podem cair nos pés de outra pessoa.

As presilhas existem para travar o peso na barra, proporcionando estabilidade ao praticante do exercício e dessa forma, melhorar a execução da série.

Utilizar as presilhas é rápido, fácil e oferece mais segurança. Sempre utilize.

Dica 4: Faça o agachamento até o final

Um dos exercícios mais executados (e preferidos) por quem realiza levantamento de peso, consiste em agachamentos com uso de barras.

Vale ressaltar que para que essa série seja feita corretamente, de forma eficaz e sem o risco de lesão, é importante que o agachamento seja feito na profundidade correta.

Assim, não haverá sobrecarga nos joelhos, pernas ou quadris.

Outro ponto crucial é: agachamento é uma atividade muito boa para fortalecimento das pernas e não prejudica os joelhos.

Pelo contrário, quando realizadas corretamente, auxiliam na saúde dessa parte do corpo.

Dica 5: escolha o peso correto

Uma última dica da primeira parte de nossa matéria sobre as técnicas para levantamento de peso.

Novamente, parece uma coisa boba mas é muito séria! Algumas pessoas querem resultados rápidos e acreditam que usando muito peso, conseguirão isso logo.

Todavia, utilizar cargas erradas para levantamento de peso só ocasionam duas coisas: fadiga muscular e risco de lesões, alguma inclusive graves.

É importante não querer “se exibir” com enormes quantidades de peso se o corpo ainda não suporta aquilo.

O ideal é começar as atividades com cargas leves a moderadas, e com o desenvolvimento de força e técnica, naturalmente, as cargas serão aumentadas.

Isso é muito sério, principalmente os homens, por às vezes desejarem mostrar força e virilidade, acabam se machucando e correndo riscos por pura vaidade.

Seguindo essas 5 dicas essenciais, seus treinos serão mais seguros e produtivos. Mas não acabou!

Vamos continuar neste assunto e alertar os praticantes desta modalidade, principalmente os novatos, sobre equívocos que jamais devem acontecer.

Erros que jamais devem acontecer

Inicialmente, ao começar a praticar qualquer atividade física, incluindo o levantamento de peso, algumas pessoas quando não estão sendo supervisionadas ou fora da academia, muitas vezes cometem erros “de principiantes” mas que podem acarretar sérios e até irreversíveis danos.

Caso você seja uma pessoa que está começando agora a ter hábitos saudáveis e praticar exercícios físicos, é de suma importância se atentar para as nossas dicas e ter em mente cada uma delas.

Abaixo, vamos citar 5 erros cometidos em técnicas para levantamento de peso que devem ser evitados a todo o custo:

Erro 1: Fazer as séries até sentir dor

Diversas pessoas ainda acreditam no mito de que a atividade física só traz resultados quando dói muito.

A hipertrofia muscular (crescimento dos músculos) é adquirida através da cascata anabólica, um nome que traduz a liberação de hormônio do crescimento.

Isso é obtido através das séries com pesos orientados pelo educador físico, de forma segura e bem-feita.

Realizar mais séries e sentir dor até não aguentar, além de não melhorar nem adiantar os resultados, ocasionam estresse muscular e fadiga.

Erro 2: Não respeitar os limites do organismo

Anteriormente falamos um pouco sobre isto; cada corpo possui especificidades, formas e limites individuais.

Algumas pessoas trabalham, estudam, têm uma rotina muito agitada e querem treinar como atletas profissionais.

Assim sendo, é importante levantar pesos adequados e seguir as orientações de descanso indicadas pelo educador físico.

Erro 3: Não beber água

Outra coisa relativamente simples, mas ignorada por muitos alunos. As reações químicas do nosso corpo são, em sua maioria, baseadas em água.

No caso de falta dessa substância, as atividades físicas, motoras e até intelectuais ficam prejudicadas.

O recomendado por médicos e demais profissionais da saúde são cerca de 2 litros de água por dia.

Em dias mais quentes ou com grandes esforços físicos, esta quantidade deve aumentar.

Entretanto, nos dias úmidos e frios, não devemos beber menos água.

É importante ao menos 2 litros diários, sempre precisamos de atenção quanto a isso!

Erro 4: Passar fome para ver logo os resultados

Este é outro mito seguido por muitas pessoas (principalmente mulheres).

Treinar em jejum não significa maior queima de gordura, nem chance de emagrecer mais rápido.

Na realidade, ao malhar com o corpo desprovido de alimento, o mais comum é que suas energias se esgotem rapidamente e o cansaço chegue mais rápido.

Profissionais especializados nesta área, médicos e nutricionistas costumam indicar um lanche pré treino que oferece energia e bem-estar durante as atividades físicas que serão desenvolvidas.

Erro 5: Realizar mais séries que o necessário

Em conformidade com a nossa dica 1 de não treinar até sentir muita dor, essa última dica salienta a necessidade de seguir à risca as orientações do orientador físico. Afinal, ele possui instrução e conhecimentos acerca do trabalho.

É bobagem aumentar o número de séries e repetições, para adquirir mais rápido o corpo dos sonhos.

Com o passar das semanas o próprio educador físico aumentará a demanda das atividades, de acordo com a evolução e condições motoras do aluno.

Quais os benefícios das técnicas para levantamento de peso?

De acordo com o que vimos até aqui, as técnicas para levantamento de peso além de serem muito eficazes para a musculatura ajudam os praticantes em outros aspectos.

Vamos conhecer os benefícios desta prática agora:

Hipertrofia muscular

A hipertrofia muscular significa o aumento dos músculos.

A partir dos treinos desenvolvidos com cargas e repetições, os alunos percebem o “aparecimento” de músculos.

Na realidade, aqueles músculos sempre estivem ali; entretanto, só crescem e destacam-se a partir de atividades físicas constantes, corretas e ininterruptas.

Agilidade e melhoria da coordenação motora

Diversos profissionais da saúde, mesmo não sendo da área de treinos ou personal, afirmam que atividades físicas constantes favorecem a pessoa no que concerne à agilidade, desempenho de funções cotidianas e na coordenação motora.

Perda de peso

Esse ponto é o preferido de muitas pessoas, não é mesmo? Afinal, a esmagadora maioria dos frequentadores de academia desejam ver os ponteiros da balança diminuírem.

E isto, pode ser conquistado com as técnicas para levantamento de peso.

As atividades realizadas repetidas vezes e com intervalos corretos, favorecem muito à queima de gordura e assim, a diminuição do peso.

Quanto a isso, vamos falar um pouco mais abaixo.

Perda de gordura e ganho de massa magra

Retomando o tópico anterior, quando a pessoa queima (perde) gordura, ela acaba construindo (adquirindo) massa magra (músculos saudáveis).

Dessa forma, caso você esteja treinando e as roupas caindo, mas os ponteiros da balança não caem, não se preocupe.

Em alguns casos, a pessoa que treina perde pouco peso; na realidade o que muitas vezes ocorre é a troca da composição corporal.

É fácil de entender: o indivíduo treina corretamente e diminuiu a gordura do corpo que foi substituída por músculos. Simples assim.

Fortalecimento do corpo

Muito além das questões estéticas, a rotina de treinos, principalmente de levantamento de peso, contribui para o fortalecimento da musculatura.

Assim, a pessoa tem mais condições de passear, correr, realizar atividades da rotina e aproveitar a vida.

Muitas pessoas, infelizmente, negligenciam a atividade física, acreditam ser algo chato e banal, mas treinar não deve ser encarado assim.

Melhoria da saúde

Diversos estudos e pesquisas científicas já comprovaram que praticantes de atividades físicas, incluindo aqueles que seguem as técnicas para levantamento de peso, têm menos chance de adquirir diabetes, doenças cardiovasculares, problemas de postura, dentre outras enfermidades.

Aumento da autoestima

Este tema é muito importante, ainda mais nos dias atuais, em que vivemos expostos em redes sociais como Facebook, Instagram e LinkedIn.

Ter uma boa autoestima significa gostar de quem você é, do corpo e das suas características.

Inúmeras pessoas afirmam que após começar a praticar atividades físicas, passaram a se sentir mais confiantes e dispostas a tomar decisões na vida pessoal e até profissional.

Melhoria da concentração e demais atividades intelectuais

Durante muito tempo, acreditou-se que treinar os músculos em nada interferia no cérebro. Todavia, essa situação inverteu-se.

A ciência já comprovou que realizar atividades físicas ajuda o cérebro de inúmeras formas.

Inclusive, durante as atividades, diversos hormônios são produzidos e liberados pelo corpo, o que ajuda na memória, capacidade de aprendizado e até evita a demência, segundo estudos recentes.

Melhoria do desempenho sexual em homens e mulheres

Por último mas não menos importante, todos os exercícios físicos, e aqui com ênfase no levantamento de peso, ajudam as pessoas a melhorarem suas performances na vida íntima.

Além dos benefícios supracitados, as pessoas com a saúde em dia, corpo em forma e funções biológicas em pleno funcionamento, afirmam terem conseguido mais disposição e energia na hora H. Isso não é ao acaso.

As liberações de hormônios e outras particularidades aqui já explicitadas, contribuem para maior ânimo e consequentemente, maior prazer nas relações sexuais.

Agora que você já sabe toda as informações sobre as técnicas para levantamento de peso, os benefícios que esta prática acarreta, as formas certas de treinar e os erros que não podem ser cometidos, que tal começar a treinar o quanto antes?

Vale ressaltar que são essenciais orientações médicas e a supervisão de um educador físico para que tudo corra bem.

E lembramos que dietas, quando realizadas, precisam ser indicadas por nutricionistas e profissionais competentes, combinado?

Você já tinha ouvido falar sobre as técnicas para levantamento de peso e suas características? Conte pra gente aqui embaixo se você gostou dessa matéria se você já treina esta modalidade. Compartilhe esse artigo com seus amigos e com a sua família, através das suas redes sociais.

Veja Também

Está com Cárie? O que é, os sintomas da cárie, causas e tratamento

Quais os sintomas da cárie? As cáries são um dos problemas bucais mais comuns em crianças e adultos. De acordo com o Ministério da...

Chá de oliveira emagrece? Veja seus benefícios e efeitos colaterais

Chá de oliveira emagrece? O chá é uma bebida mundialmente famosa. Preparado por meio da infusão de flores, folhas, ervas e raízes em água...

Como tirar cera do ouvido em casa? Realize a limpeza com segurança

O acúmulo de cera de ouvido é um processo natural o corpo humano e desde muito novos, o hábito de limpar os ouvidos é...

Emagreça em casa! Faça exercícios com ou sem equipamentos

Muitos motivos tornam emagrecer uma necessidade ou um desejo. E, saiba que é possível que você emagreça em casa mesmo achando que não tem...

Assunto relacionado 😉

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.