20.2 C
São Paulo
quarta-feira, abril 8, 2020

Dor no glúteo: principais causas, o que fazer e quando ir ao médico

Must read

Benefícios do chá de alecrim para a saúde e como fazer

Os benefícios do chá de alecrim, de nome científico Rosmarinus officinalis, incluem melhorar a digestão, aliviar as dores de cabeça e o combater o cansaço frequente.Mas existem...

Técnica de Jelqing: o que é, como funciona e resultados

A técnica de jelqing, também conhecida como jelq ou exercício de jelqing, é uma forma completamente natural de aumentar o tamanho do pênis que pode...

6 principais causas de dor de barriga e o que fazer

A dor de barriga é, normalmente, causada pela diarreia, que acontece devido ao aumento da atividade intestinal e de evacuações. Este problema, geralmente, é causado por infecções por...

Aftas frequentes: 7 principais causas e o que fazer

As aftas recorrentes, ou estomatite aftosa, correspondem a uma pequena lesão que pode surgir na boca, língua ou garganta e tornar o ato de...

A dor no glúteo pode ser preocupante quando é constante e dificulta a realização de atividades básicas como andar, calçar ou amarrar os sapatos.

O diagnóstico da causa da dor no glúteo é feito a partir dos sintomas descritos pela pessoa e de exames que podem ser solicitados pelo médico, como por exemplo raio-X, ressonância magnética ou tomografia computadorizada.

O tratamento é feito com o objetivo de tratar a causa, sendo normalmente recomendado ficar em repouso e colocar gelo. Em casos mais graves, como por exemplo a dor no nervo ciático, o médico pode indicar o uso de anti-inflamatórios ou analgésicos para aliviar as dores. Saiba como é feito o tratamento para a dor no nervo ciático.

O que pode ser a dor no glúteo

A dor no glúteo pode ser constante, passageira, latejante ou maçante dependendo da causa da dor. As principais causas de dor no glúteo são:

1. Síndrome do piriforme

A síndrome do piriforme é uma condição rara caracterizada pela compressão e inflamação do nervo ciático, causando dor nos glúteos e na perna. A pessoa com essa síndrome não consegue andar direito, tem a sensação de dormência na nádega ou na perna e a dor piora ao se sentar ou cruzar as pernas.

O que fazer: Ao se notar os sintomas dessa síndrome, é importante consultar um ortopedista para que seja feito o diagnóstico e possa ser iniciado o tratamento. A fisioterapia é uma ótima opção para diminuir a dor e o desconforto, sendo normalmente recomendado pelo médico. Veja como identificar e tratar a síndrome do piriforme.

2. Síndrome da bunda morta

A síndrome da bunda morta, também conhecida como amnésia glútea, é causada pelo fato de se estar muito tempo sentado, o que limita o fluxo de sangue para essa região, ou devido à falta de exercícios de fortalecimento do glúteo, o que leva ao desequilíbrio das forças musculares e à inflamação no tendão do glúteo, o que resulta em dor intensa em forma de pontada que surge ao ficar em pé por muito tempo, subir escadas ou sentar, por exemplo.

O que fazer: A melhor forma de tratar essa síndrome é por meio de exercícios de fortalecimento do glúteo, que devem ser feitos por indicação de um profissional capacitado. É importante também ir ao ortopedista para que seja feito o diagnóstico e, dependendo da intensidade dos sintomas, recomendar o uso de anti-inflamatórios, como por exemplo o Ibuprofeno ou o Naproxeno. Conheça os melhores exercícios para a síndrome da bunda morta.

3. Dor muscular

A dor no glúteo também pode surgir após um treino exaustivo de membros inferiores, seja corrida ou um treino com muita carga, por exemplo, mas também pode acontecer devido à lesão dos tendões ou músculos posteriores da coxa.

O que fazer: Para aliviar as dores musculares, é indicado ficar em repouso e colocar gelo na reunião para aliviar as dores. Caso a dor seja constante, é importante consultar um médico para que seja feito o diagnóstico e possa ser iniciado o melhor tratamento.

4. Hérnia de disco

A hérnia de disco lombar é caracterizada pelo abaulamento do disco intervertebral, resultando na dificuldade em se movimentar, abaixar ou andar, por exemplo, além de sensação de dor e sensação de dormência nos glúteos. Saiba tudo sobre a hérnia de disco.

O que fazer: É importante consultar um ortopedista para que seja feito o diagnóstico e o tratamento possa ser iniciado. Normalmente é recomendado o uso de anti-inflamatórios e analgésicos, que devem ser usados de acordo com a orientação médica, além de sessões de fisioterapia e, nos casos mais graves, pode ser necessária cirurgia.

Quando ir ao médico

É indicado ir ao médico quando a dor no glúteo se torna constante, há dor mesmo em repouso e a pessoa não consegue realizar atividades básicas, como andar ou colocar uma meia, por exemplo.

Além disso, é importante consultar o médico quando:

  • É notado inchaço no glúteo;
  • O glúteo fica dormente ou muito sensível ao toque;
  • Há sensação de queimação no glúteo;
  • A dor se espalha para as pernas, virilha, costas ou abdômen;
  • Há dificuldade para abaixar, calçar sapato e andar;
  • A dor permanece por mais de duas semanas;
  • A dor é percebida depois de ter tido uma lesão.

A partir da análise dos sintomas descritos pela pessoa e de exames de imagem, o médico consegue concluir o diagnóstico e indicar a melhor forma de tratamento.

More articles

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Latest article

Benefícios do chá de alecrim para a saúde e como fazer

Os benefícios do chá de alecrim, de nome científico Rosmarinus officinalis, incluem melhorar a digestão, aliviar as dores de cabeça e o combater o cansaço frequente.Mas existem...

Técnica de Jelqing: o que é, como funciona e resultados

A técnica de jelqing, também conhecida como jelq ou exercício de jelqing, é uma forma completamente natural de aumentar o tamanho do pênis que pode...

6 principais causas de dor de barriga e o que fazer

A dor de barriga é, normalmente, causada pela diarreia, que acontece devido ao aumento da atividade intestinal e de evacuações. Este problema, geralmente, é causado por infecções por...

Aftas frequentes: 7 principais causas e o que fazer

As aftas recorrentes, ou estomatite aftosa, correspondem a uma pequena lesão que pode surgir na boca, língua ou garganta e tornar o ato de...

Ultrassom abdominal total: o que é, para que serve e como se preparar

O ultrassom abdominal total, também conhecido por ultrassonografia (USG) abdominal total é um exame indicado para a avaliação morfológica de órgãos abdominais, como fígado, pâncreas, vesícula biliar,...