O que é o Aranto e para que ele é indicado?

Você sabe o que é o Aranto e para que ele serve?

Esta planta possui como nome científico um verdadeiro “trava-línguas”: bryophyllum daigremontianum. Mas não se preocupe pois esse nome só é utilizado nos catálogos de biologia e botânica.

O Aranto é conhecido popularmente como “fortuna”, “mãe-de-milhares” ou “mãe-de-mil” e é da família das suculentas; é oriunda da ilha de Madagascar, na África.

Todavia, pode facilmente ser achada no Brasil, já que é uma espécie que se adapta muito bem em regiões de clima subtropical e tropical, como é o caso do nosso país.

Ela é uma planta ornamental, fácil de cuidar e de simples reprodução, talvez por isso, seja tão apreciada no país.

Outro ponto que favorece sua popularidade, é que o Aranto detém algumas propriedades medicinais conhecidas pelas pessoas.

Entretanto, é válido ressaltar que há poucos estudos relacionados ao uso medicinal do Aranto e, devido a isso, é importante evitar grandes dosagens de ingestão da planta, para que sejam evitadas intoxicações.

Devido ao nome bem semelhante, algumas pessoas confundem o Aranto com o amaranto.

O Aranto é sobre o que vamos falar hoje; já o amAranto se trata de um cereal riquíssimo em proteínas, sem glúten e fonte de vitaminas e fibras.

Conforme citamos acima, o Aranto faz parte da família de vegetais denominados “suculentas” e ele tem alguns atributos medicinais, dessa forma, pode ser útil no tratamento de machucados, lesões, dores musculares e inflamações.

É sempre bom conhecer plantas com recursos terapêuticos que podem nos ajudar, não é mesmo?

Vamos entender mais sobre as principais vantagens no uso do Aranto.

Quais são os benefícios do Aranto?

Esta planta contém muitas características em sua composição que podem auxiliar nosso corpo e nossa saúde.

Vamos esclarecer algumas dessas propriedades e citar o modo de uso caseiro dessa planta:

O Aranto é um anti-inflamatório natural?

Sim. Neste caso, já há evidências científicas que a planta ajuda no combate a ferimentos e no tratamento de doenças.

Ele funciona como um remédio natural e conta com um elevado poder de cicatrização.

Por exemplo, algumas pessoas com dores e inflamação de garganta, costumam tomar o chá ou suco do Aranto.

Esse remédio caseiro ajuda muito na cura do processo inflamatório, além de cicatrizar possíveis danos e ainda, ele alivia muito a dor.

Esse alívio da dor é justificado pois segundo algumas pesquisas, o Aranto possui características analgésicas.

Por isso a importância de sempre ter a mão a possibilidade de fazer um suco ou chá dessa poderosa plantinha.

Ele também auxilia na gripe e em resfriados

Conforme já dissemos anteriormente, devido às suas características milagrosas, ele auxilia as pessoas no tratamento de resfriados e gripes.

Pois cuida para alívio das tosses inoportunas, mal-estar e dores de cabeça.

Aliás, é bom saber que o Aranto possui ainda atributos anti-histamínicos, assim, ele resolve aqueles incômodos decorrentes de crises alérgicas, comuns em sinusites e rinites.

Logo, com o uso dessa planta os sintomas como falta de ar, cabeça pesada e coriza chegam ao fim.

É verdade que fortalece a imunidade?

Sim. Esta planta, através das suas ações anti-inflamatórias, consegue fortalecer o sistema imunológico dos usuários.

Ela ainda previne inflamações no corpo humano e ajuda no combate dos radicais livres.

A partir disso, o organismo se torna mais forte e menos susceptível a doenças e enfermidades.

O Aranto na prevenção de problemas no estômago

Isso não é história, é realidade. Alguns estudos brasileiros comprovaram que esta planta ajuda a prevenir doenças estomacais e auxilia este órgão a funcionar melhor.

A planta se mostrou assertiva no combate a úlceras, gastrites e outros problemas estomacais.

O que é o Aranto no combate ao estresse?

Muito se fala atualmente em estresse e ansiedade, não é mesmo?

Porém, algumas pessoas evitam fazer tratamentos medicamentosos ou até ir aos médicos procurarem ajuda.

Alguns indivíduos reclamam que alguns ansiolíticos e antidepressivos causam sono demais, tonteiras, efeitos “rebote” e até diminuição da libido.

Todavia, é possível fazer o uso do Aranto e adquirir benefícios nestes quadros clínicos. Esta planta possui características em sua composição que são calmantes e sedativas.

Dessa forma, atua no combate a insônia, aos quadros de depressão, estresse e ansiedade.

Um dos ensinamentos passados de geração em geração, é a possibilidade da ingestão de chás noturno de Aranto com outras ervas calmantes, como por exemplo a erva-cidreira ou camomila.

Como devo fazer uso dessa planta?

O Aranto pode ser encontrado em lojas de produtos naturais, farmácias homeopáticas e lojas especializadas.

Independentemente se o produto será comprado ou retirado da sua horta caseira, é importante saber que o consumo de Aranto diário não deve ser acima de 30g.

Ao ingerir mais do que 30g ao dia, o indivíduo pode correr o risco de sofrer algum tipo de complicação, como intoxicação.

Então, ao fazer chás ou sucos, é necessário atenção nas quantidades utilizadas.

A planta também pode ser colocada sobre machucados e feridas na pele.

Assim, é aplicado o extrato seco desse produto sobre a área machucada, afim de acelerar a cicatrização daquela parte do corpo.

Sugestão: preparo do suco de Aranto

É recomendado que para 200 ml de água, seja utilizado uma pequena folha da planta. Basta bater essa mistura no liquidificador e beber imediatamente.

Essa receita pode ser ingerida duas vezes ao dia.

Sugestão: preparo do chá de Aranto

Coloque uma folha pequena da planta em infusão, na quantidade de 200 ml de água. Aguarde alguns minutos.

Quando o chá estiver morno e em temperatura agradável, pode ser ingerido. Assim como o suco, o chá pode ser tomado duas vezes ao dia.

Existe algum efeito colateral?

Acima discorremos um pouco sobre isso, mas é importante ressaltar que há evidências que salientam a atenção ao uso máximo de 30g diárias do produto.

Já houve relatos de pessoas que após o uso de superdosagem, tiveram reações adversas como contrações em músculos e até paralisias momentâneas.

O Aranto possui alguma contraindicação?

Sim, existem algumas contraindicações que devem ser observadas.

É recomendado que crianças até 12 anos de idade, pessoas portadoras de hipoglicemia e mulheres grávidas evitem consumir a planta.

Especialmente no caso de grávidas é necessário evitar o consumo dos chás ou sucos provenientes do Aranto, pois a ingestão pode ocasionar o surgimento e aumento de contrações no útero.

As altas dosagens de Aranto e seu uso em situações contraindicadas, podem ocasionar males como vômitos, enjoos, fortes dores abdominais e náuseas.

Todavia, respeitando as contraindicações, as dosagens e as formas de uso, é possível fazer o consumo de Aranto de forma regular e tranquila, dessa forma, aproveitando todos os benefícios da planta para o ser humano.

Mito ou verdade: o Aranto combate ao câncer?

Já faz algum tempo em que circula na internet, em redes sociais e grupos de WhatsApp, notícias que afirmam que o Aranto combate ao câncer e que mata todas as células cancerígenas. Isso é real?

Vamos esclarecer agora todas as suas dúvidas sobre este assunto.

Segundo alguns pesquisadores o boato de que o Aranto cura o câncer tem fundamento, pois outra planta da mesma família que ele, a tubiflora, se mostrou promissora na luta contra a leucemia, inclusive contra células agressivas dessa doença.

Entretanto, em pesquisas tanto com a tubiflora, quanto com o Aranto os resultados ainda são inconsistentes já que estão em estágio inicial.

Dessa forma, não adianta ingerir grandes quantidades da planta para obter a cura da doença; aliás, pode ocorrer justamente o contrário: é possível que a pessoa fique doente por intoxicação.

Estudiosos e cientistas também buscam entender se o Aranto pode auxiliar no combate e até cura do herpes.

Estudos demonstram que a família do Aranto, as kalanchoes podem ser promissoras para o tratamento de muitas doenças, todavia, ainda existirão testes e estudos para validar o uso seguro desta planta no tratamento de doenças específicas.

Assim sendo, não há nada assertivo e confiável que assegure o uso do Aranto no combate e fim de um câncer.

O que já existe são algumas ínfimas pesquisas que reconheceram propriedades anticancerígenas em alguns elementos da planta.

Devido a isto, salientamos a necessidade de aconselhamento médico e tratamento adequado para a intervenção correta na doença.

Obviamente, é fato que as plantas com propriedades terapêuticas e medicinais auxiliam muito na administração da doença, inclusive no câncer, e auxilia muitas vezes na redução de mal-estar e sintomas clínicos.

Existem expectativas para o uso terapêutico da planta?

Sim. Após muitos estudos realizados com as kalanchoes (nome científico da família do Aranto), foi possível notar suas ações benéficas para o organismo humano.

Elas são ricas em ácidos fenólicos, flavonoides e quercetinas.

Todavia, para que seu uso seja incentivado e prescritos pelos profissionais da saúde, para o tratamento de câncer, são necessárias pesquisas confiáveis, testes em humanos, caracterização de dosagens, listagem de efeitos colaterais e reações adversas, dentre outros detalhes técnicos.

Afinal, existem plantas anticâncer?

Não. Isto é um mito. Algumas plantas usadas em chás e sucos, ajudam na melhora do mal-estar ou dores musculares provocadas em alguns estágios da doença.

Entretanto, é essencial esclarecermos que não existe até a atualidade, nenhuma planta com efeito antitumoral, ou seja, que extirpa ou acaba com os tumores cancerígenos.

Os médicos, profissionais da saúde em geral e cientistas esclarecem que os melhores meios de tratamento de cânceres são a radioterapia, a quimioterapia, em alguns casos a intervenção cirúrgica e outros tratamentos convencionais.

Ou seja, é primordial o tratamento médico em casos de doença como o câncer e outras enfermidades sérias.

Jamais devemos agir sem prévios esclarecimentos de profissionais e pessoas competentes.

Ademais, segundo alguns especialistas, a mistura de alguns chás ou sucos com tratamentos medicamentosos podem causar males aos pacientes.

Aranto: poderes espirituais da planta

Quando florido, o Aranto promove uma bela visão: a sua flor, também chamada de flor-da-fortuna.

O nome não poderia ser mais sugestivo: segundo a crença popular quando oferecemos essa flor para alguém, estamos projetando prosperidade e felicidade para ela.

Além do significado bonito, a flor da kalanchoe, flor-da-fortuna ou flor da felicidade possui outros atributos positivos que favorecem oferece-la como presente.

Ela exige pouquíssimos cuidados, tem fácil cultivo, grande durabilidade, traz energias boas para o ambiente em que vive e é detentora de grande beleza.

A ela ainda é atribuído significados espirituais importantes como melhora da saúde, vida e resistência.

Muitas pessoas acreditam que essa planta ajuda pessoas doentes, através de seus poderes místicos.

Flores de kalanchoe e seus significados

As flores dessa espécie de plantas possuem diversas cores. A partir disso, é mais fácil escolher uma cor para se presentear ou oferecer a um amigo ou ente querido.

Vamos às cores e seus significados:

Kalanchoe rosa

Ela significa feminilidade, vibrações referentes a infância e a energia juvenil;

Kalanchoe vermelha

Essa flor remete a sentimentos mais adultos e fortes como o amor e a paixão;

Kalanchoe amarela

Esta significa emoções vivas, alegria e força;

Kalanchoe branca

Ela traduz o espírito de renovação e tranquilidade.

Como cuidar da flor da kalanchoe?

Conforme dito anteriormente, essa é uma flor de fácil manutenção e cuidados.

Ela necessita de 3 a 4 horas diárias de leve luz solar, mas sem que isso seja feito de forma direta; afinal, se a planta ficar exposta diretamente ao sol, pode queimar suas folhas.

Logo, é recomendado que ela fique em um ambiente claro e que seja regada apenas uma vez na semana (durante o inverno).

Nas demais estações do ano, ela deve ser regada duas vezes por semana. Não é necessário maiores cuidados.

Agora que você já possui todas as informações acerca de o que é o Aranto, o que significa a planta e a sua flor, além dos benefícios do uso adequado desta planta como remédio caseiro, lembre-se de utilizá-la de maneira correta e com as precauções acima indicadas.

Você já tinha ouvido falar sobre o que é o Aranto e suas propriedades? Conte pra gente aqui embaixo se você gostou dessa matéria e qual outra planta medicinal você deseja conhecer.

Compartilhe esse artigo com seus amigos e com a sua família, através das suas redes sociais.

Veja Também

O que é o Aranto e para que ele é indicado?

Você sabe o que é o Aranto e para que ele serve? Esta planta possui como nome científico um verdadeiro “trava-línguas”: bryophyllum daigremontianum. Mas não...

12 Coisas que você precisa Saber sobre o ‘gosto’ da Vagina

Muitas mulheres tendem a ficarem envergonhadas durante um momento íntimo com o seu parceiro. Isso acontece pela insegurança ao pensar no odor liberado pela...

A Tensão Sexual: 22 De Sinais para observar e o Que Fazer em seguida

Compartilhar no Pinterest Você sabe que virar seu estômago faz — parece incrível e terrível ao mesmo tempo — quando você está na companhia de...

O que é Amilase alta ou baixa? Veja o que significa

O que é Amílase? A Amílase é uma enzima digestiva formulada pelo pâncreas e também por glândulas salivares; seu papel consiste em digerir glicogênio...

Assunto relacionado 😉

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.